top of page

Como incluir podcast no seu marketing de conteúdo

Entre as muitas questões com que o empresário se depara diariamente, uma delas é persistente e atemporal: como conquistar mais clientes. Para além de todos os esforços no sentido de melhorar o produto/serviço e baixar valores, há outras táticas que envolvem o marketing do negócio como caminho para se diferenciar no mercado.

Quando paramos para analisar como ocorre conosco o processo de convencimento para a compra de algum produto/serviço nos demos conta que algumas vezes a escolha se deu devido a indicação de algum amigo, colega ou conhecido. A conversa normalmente toma esse rumo quando apresentamos algum problema, ou mesmo desejo por algo, e essa outra pessoa nos aponta a solução detalhando as usabilidades e vantagens do produto/serviço que estamos em busca.

Essa dinâmica que alia informação e confiança é fonte de inspiração para as ações de marketing atualmente. E o formato que reproduz de forma mais fiel essas conversas informais mas repletas de dados e dicas é o podcast. De forma sucinta, um podcast é uma transmissão de conteúdo por áudio, que pode ser ouvido online ou mesmo ser baixado para o celular ou computador. O formato tem crescido exponencialmente nos últimos anos no Brasil, e traz desde temas como política e economia, até entretenimento e esporte.

Cada conteúdo transmitido é denominado de episódio e um conjunto deles veiculados em um tempo determinado é chamado de temporada, que podem ser temáticas. Por exemplo, se uma empresa de contabilidade decide fazer um podcast poderá ter a primeira temporada com 10 episódios dedicados a destrinchar o tema Imposto de Renda para Pessoa Física. A segunda temporada tratará de assuntos relacionados aos MEIs - Micro Empreendedor Individual. E assim por diante. Não há um limite para número de episódios ou temporadas, ou mesmo para o tempo que cada episódio deve durar. Tudo depende de qual tema será trabalhado e para qual público o podcast é direcionado.

Para as empresas, entre os benefícios de utilizar a plataforma está o de alcançar os consumidores de forma menos invasiva e mais informativa. A ideia ao criar esse espaço de fala e escuta é promover relações mais próximas visando aumentar a credibilidade da marca e fidelizar o cliente. Para alcançar esse resultado é preciso planejamento. O ideal para começar a é seguir um passo a passo.

Cinco passos para criar um podcast para a empresa:

  1. Escolha um tema: O objetivo principal é o cliente conhecer mais seu negócio, por isso, defina temas que tenham a ver com o produto/serviço que a empresa oferece. Delimitar o assunto é importante para extrair o maior número de informações possíveis sobre o tema em destaque.

  2. Buscar um profissional para falar sobre o assunto: É importante encontrar dentro da empresa quem possa tratar do tema escolhido de forma clara e objetiva. Ou mesmo, é possível buscar alguém de fora para entrevistar, pode ser um parceiro ou fornecedor, que está por dentro do assunto e irá auxiliar na explicação do processo.

  3. Elaborar um roteiro: Os apresentadores e convidados devem seguir um roteiro, que começa com a apresentação de todos na mesa, segue com as questões menos complexas até chegar nas perguntas mais difíceis e finaliza com agradecimentos e convite para o próximo episódio.

  4. Gravar e editar: O formato de gravação e edição irá variar a depender dos recursos financeiros disponibilizados pela empresa para a produção. É possível gravar com o celular e editar em softwares gratuitos ou ainda com microfones de última geração e programas de alto nível. Ainda assim, algumas dicas são válidas para ambos os casos, como escolher um local livre de ruídos para gravar e na edição cortar trechos em silêncios, respiros, ou mesmo perguntas e frases que acabam saindo do contexto proposto. É importante também ter uma trilha sonora que acompanhe o programa e vinhetas para abertura e encerramento.

  5. Distribuir nas plataformas de áudio: A etapa final é distribuir o conteúdo gravado. Existem sites especializados que fazem esse trabalho, chamado de hospedagem, como o Anchor e o SoundClound. Os episódios estarão disponíveis nas plataformas de áudio, como, por exemplo, Spotify, Deezer, Apple Podcast, Google Podcast, entre outros.

Vale ressaltar que a moda mais recente é gravar em vídeo a conversa que irá para as plataformas de áudio. Esse conteúdo normalmente é difundido em pílulas nas redes sociais, ou seja, em cortes de poucos minutos, com destaques para trechos mais relevantes da conversa.

Esse tipo de conteúdo é válido e pertinente, ainda assim, é preciso estar dentro de um planejamento de marketing. A estratégia desenhada pela equipe da empresa envolve saber o público alvo para definir a abordagem do conteúdo. A partir daí, tanto as redes sociais quanto outras frentes de trabalho, como o podcast, precisam atuar para atingir o objetivo definido pelo gestor.

É necessário ainda estar ciente que cada uma das plataformas possui uma linguagem própria. Por exemplo, as redes sociais, o blog e o podcast da empresa podem (e devem) trabalhar o mesmo tema mas com abordagens diferentes. Usualmente o conteúdo em áudio cumpre a função de ser mais profundo, trazendo ao consumidor informações contextualizadas e explicações detalhadas.

Outra forma de estreitar essa relação é colocar as redes sociais, blogs e podcasts e outras ferramentas para “conversarem” entre si, indicando uma à outra. É o exemplo das redes da Ajorpeme que estão divulgando a nova temporada do Mundo MPE Podcast produzido pela instituição. A cada episódio histórias inspiradoras de empreendedores de micro e pequenas empresas de Joinville e região.

Caso a empresa tenha também um blog, como a Ajorpeme, a ação do marketing se completa com a divulgação do conteúdo na plataforma, apresentando com dados e informações a importância de determinado tema relacionado ao produto/serviço e referenciado as redes sociais e o podcast como formas de acessar a marca e saber mais sobre o assunto. Que é o que está sendo feito aqui, agora.

Nesse cenário, explorar o potencial em conjunto dessas ferramentas, usando-as de forma assertiva e eficaz é indispensável para os negócios que buscam obter sucesso no contato com o cliente.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page