top of page
  • Foto do escritorajorpeme

Aprendizados e legados associativistas: muito obrigado, AJORPEME!


O tempo parece passar ainda mais rápido quando fazemos coisas que gostamos e que nos orgulham, não é verdade?


Foi esta minha sensação durante esta maravilhosa viagem em torno do Sol que fizemos no período em que tive a honra de presidir a maior entidade de pequenas, micro e médias empresas de toda a América Latina.


E a verdade é que um ano passa muito rápido mesmo. Por isto, os verdadeiros protagonistas de um mandato na AJORPEME são os colaboradores e os diretores da entidade.


No revezamento à frente da entidade, a principal missão do presidente – além da representação institucional – é fazer acontecer por meio do time que lidera, motivando e engajando as pessoas a quererem e buscarem os melhores resultados.


Não poderia, portanto, encerrar este ciclo de aprendizados e legados à frente da AJORPEME sem agradecer: aos associados pela oportunidade que me deram, aos colegas de Diretoria pela parceria e aos colaboradores da entidade por sempre quererem ir além.

Saio da presidência da AJORPEME muito melhor e maior do que entrei. E isto é graça aos aprendizados obtidos na troca, na conciliação e na busca permanente do mínimo denominador comum tão necessário à vida em sociedade.


Se não é fácil a vida de empreendedor no nosso país, é ainda mais desafiadora a missão das lideranças associativistas, que precisam de habilidade política e inteligência emocional para conciliar e equilibrar diferentes pontos de vista dos associados - razão de ser da entidade.

Uma liderança associativista não representa mais a própria opinião, por exemplo. A liderança passa a ser a voz de todos os que representa em cada entrevista, em cada evento, em cada palestra, em cada articulação. E o cuidado é permanente para evitar que polêmicas desnecessárias tomem o tempo e a energia que devem ser usados para o desenvolvimento dos associados, da economia e da comunidade.


Vou lembrar para sempre de muitos momentos especiais vividos neste ano. Como o retorno do Connect Idéias e Negócios, que reuniu mais de duas mil pessoas na Expoville; a sinergia entre AJORPEME, ACIJ, ACOMAC e CDL nas atividades do Conselho das Entidades Empresariais de Joinville; e o projeto AJORPEME nos Bairros, ação que guardarei com muito carinho por levar a voz, o exemplo e a inspiração empreendedora a todos os cantos da terceira maior economia da região Sul do Brasil.


Nesta corrida de revezamento, também aprendi outro papel de quem lidera a AJORPEME: deixar sementes para germinar nas gestões seguintes. Tenho a certeza de que muitas ideias serão semeadas e outras germinarão na caminhada que está começando para a nossa presidente Cintia Ebert Huang, a quem coloco à disposição todo o aprendizado que acumulei nesta jornada.


Muito obrigado, AJORPEME!


Jonas Tilp




14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page