top of page

TRE-SC e Conselho das Entidades planejam campanhas para as eleições 2022

Regularizar o cadastro eleitoral, atualizar o domicílio eleitoral, fazer o primeiro título, estimular a participação nas eleições de 2022, qualificar o voto, desenvolver a cidadania e legitimar o processo democrático.


Estes são alguns dos objetivos de campanhas de conscientização que o TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina) e o Conselho das Entidades Empresariais de Joinville estão preparando para o pleito do ano que vem.


O primeiro passo foi dado nesta segunda-feira, dia 16 de agosto. Em palestra presencial na ACIJ, o presidente do TRE-SC, desembargador Fernando Carioni, detalhou ações e campanhas da Justiça Eleitoral para 2022.


“Há grande potencial para uma maior participação dos eleitores que têm entre 16 anos e 18 anos incompletos. Há 320 mil catarinenses nesta faixa etária, mas apenas 16 mil estão cadastrados na Justiça Eleitoral”, informa Carioni.


Por causa da pandemia, a Justiça Eleitoral reforçou o suporte online para os eleitores fazerem seu primeiro título, transferirem o domicílio ou atualizarem seus cadastros, entre outros serviços. Basta acessar o site www.tre-sc.jus.br.


Durante a apresentação, o presidente do TRE reiterou sua confiança na urna eletrônica e defendeu que a totalização dos votos volte a ser realizada nos Estados, e não em Brasília, como ocorreu em 2020.


Maior representatividade


A agenda com o presidente do TRE começou a ser articulada em reunião da ACIJ, da ACOMAC, da AJORPEME e da CDL Joinville, que formam o Conselho das Entidades.


“Em nossas reuniões mensais, trabalhamos bandeiras econômicas e sociais de Joinville e região. E percebemos cada vez mais a necessidade de termos uma maior representatividade política para a solução destas demandas. Precisamos qualificar o voto, evitar o desperdício causado pela desilusão com a política e resgatar a confiança e a autoestima do eleitor, que tem muito poder”, afirma o presidente da ACIJ, Marco Antonio Corsini.


"Estamos no caminho certo com a campanha para conscientizarmos eleitores de Joinville e cidades vizinhas para que votem em quem possa trazer melhorias para nossa região, para quem realmente é daqui. Percebemos que as pessoas acima dos 60 anos gostam de votar e vamos fortalecer para que os jovens comecem a pegar gosto pelas eleições", diz o presidente da ACOMAC, Ivonei Arnaut.


“Precisamos estimular a população para votar por Joinville e região. Somos 403.526 mil eleitores joinvilenses e, juntando AMUNESC e cidades próximas como Barra Velha, Jaraguá do Sul, São João do Itaperiú e Guaramirim, por exemplo, são cerca de mais de 400 mil eleitores. Votando nos candidatos da região, conseguimos mais representantes no cenário político estadual e nacional”, afirma o presidente da CDL Joinville, José Manoel Ramos.


"Ficou claro na nossa reunião que existe um potencial grande de jovens que ainda não têm a obrigação de votar. Eles serão convidados a participar das eleições com campanhas para engajá-los. Afinal de contas, é fundamental que se construa um ambiente de política saudável e participativo, com uma visão mais ampla”, diz o vice-presidente de relações institucionais da AJORPEME, Jonas Tilp.

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page