Governadora de Santa Catarina recebe representantes do Núcleo de Eventos da Ajorpeme

Em reunião com representantes do setor de eventos de Santa Catarina, a governadora do estado, Daniela Reinehr, se comprometeu a encontrar uma solução para a retomada das atividades. "Sei que o setor de eventos é um dos mais afetados pela pandemia e me sensibilizo com a condição das pessoas que precisam de seu trabalho. Estamos consolidando soluções para que a situação destes empreendimentos tenha atenção", afirmou.


A governadora determinou que a Secretaria de Estado da Saúde analise as reivindicações do grupo. A equipe fará uma análise com base nas propostas enviadas pelo grupo.


Com os eventos paralisados desde março do ano passado, os profissionais da área pedem que sejam viabilizadas alternativas que permitam cumprir os contratos acordados com os clientes para a realização de eventos sociais de maneira segura, mesmo durante o período de enfrentamento da crise, assim como vem sendo feito pelo comércio, indústria e outros setores.


Adriana Peixer Tromm, presidente do Núcleo de Eventos da Ajorpeme, participou da reunião e celebrou a conquista: "A governadora ficou sensibilizada ao saber da situação que alguns profissionais estão passando. Estamos esperançosos e, em breve, teremos novidades para o nosso setor".


Retorno com segurança

Dentre as sugestões para o retorno seguro das atividades está a liberação dos eventos de pequeno porte, respeitando a capacidade de 25% do local, regra que vem sendo utilizada em bares e restaurantes.


Além disso, o grupo também sugere como medidas de segurança: o uso obrigatório de máscara; entrada mediante medição de temperatura; proibição da entrada de pessoas que apresentem febre ou outros sintomas de gripe; disponibilidade de álcool gel 70%, tanto na entrada como no buffet e sanitários; distanciamento de 1,5 metros entre as mesas e cadeiras; utilização de luvas descartáveis no buffet e mesa de doces; proibição de pistas de dança para conter a aproximação dos indivíduos; e, no caso de buffets infantis, implantação de monitores que controlem o acesso aos brinquedos, bem como sua frequente higienização.


De acordo com Adriana, o cenário atual é ainda mais crítico, em relação a março de 2020, pois muitos clientes, incertos sobre os próximos meses e cansados de reagendar suas datas, estão solicitando o cancelamento. "As ações que propusemos têm como objetivo mitigar os prejuízos causados aos negócios e aos clientes, em virtude da remarcação ou cancelamento dos eventos nesse período de pandemia", finaliza.

47 visualizações0 comentário
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
CONTATO

R. Urussanga, 292 - Bucarein

Joinville, SC - 89202-400​​

47 2101 4100

ajorpeme@ajorpeme.com.br

© 2018 por Ajorpeme